Thomas Thompson e o minimalismo

Novo paradigma ou positivismo revisitado?

  • André Szczawlinska Muceniecks

Resumo

Este artigo apresenta uma discussão do método e pressupostos históricos na obra de Thomas Thompson, expoente da corrente chamada pejorativamente de Minimalismo, no campo da História e Arqueologia Bíblicos. Analisa as alegações de Novo Paradigma efetuadas pelo mesmo, contrastando-as com as escolas históricas e arqueológicas envolvidas. Por fim, conclui com a constatação da similaridade metodológica e conceitual entre minimalistas e maximalistas e a inadequação do conceito de “Novo Paradigma” para a obra de Thompson.
Publicado
Set 15, 2017
##submission.howToCite##
MUCENIECKS, André Szczawlinska. Thomas Thompson e o minimalismo. Revista Teológica, [S.l.], n. 12, p. 15-34, set. 2017. ISSN 1676-2509. Disponível em: <http://www.teologica.net/revista/index.php/teologicaonline/article/view/162>. Acesso em: 18 jun. 2019.
Seção
Artigos